Artemísia

A artemísia, conhecida também por rainha das ervas ou a planta das deusas. O uso da artemísia é altamente estimulante, chegando a provocar e induzir o estado de pequena euforia, relatos da artemísia e dos seus efeitos remontam a tempos antigos.

Benefícios, Propriedades Medicinais e Indicações Terapêuticas

Os Astecas, a título de exemplo, davam vários usos à artemísia quer para os seus rituais quer com fins medicinais. A erva era também utilizada na Europa como um estimulante – algo que servia principalmente para combater a fadiga.

Ainda hoje é usada pelos índios na vertente espiritual que acreditam que a Artemísia possui – acreditam e utilizam-na para purificar o espírito e para afastar doenças.

Os antigos também usam, de forma medicinal, e mais ou menos para tudo: desde curar constipações ao aliviar de problemas de estômago. É sobejamente utilizada pelas mulheres para o alívio das dores menstruais.

Para além destes a planta tem realmente usos bastante variados: Anemia, cólicas, debilidade do estômago, gastrite, menstruação deficiente, nervosismo, nevralgia, limpeza constante dos rins, perda de apetite, mau hálito, estimulante da circulação sanguínea, previne doenças e alivia cólicas e dores reumáticas.

A Artímisia tem propriedades anti-inflamatórias, antieptiléticas, antiespamódicas, calmantes, digestivas, diuréticas (emagrece) e abortivas (provoca o aborto).

Chá de Artemísia

A forma mais comum de toma quando o problema é no interior do organismo é através da infusão, que se prende com um preparado de folhas de Artemísia junto com água, ao qual pode juntar uma colher de mel para adoçar.

Poderá experimentar deste modo: junte 2 colheres das folhas com 1 litro de água a ferver, deixe repousar durante 10 minutos. Tome 2 a 3 chávenas do preparado por dia.

Se a questão for concretamente problemas de reumatismo friccione o preparado nos locais onde sente dor. Sentirá, com certeza, alívio na dor.

A utilização da artemísia é bastante vulgar na medicina tradicional chinesa e japonesa. A planta é utilizada directamente no ponto de dor através da fricção e libertando calor, causa uma agrdável sensação de alivio.

Parecendo perfeita, a planta, tem uma contra indicação: é absolutamente desaconselhada a mulheres em período de gestação podendo mesmo provocar o aborto do feto.

Hoje é usada sobretudo por quem quer aliviar o stress causado pelo nosso quotidiano: pense que, se provoca sensação de bem estar…adeus stress!

Categories: Plantas Medicinais

12 Comments

Deixar uma resposta