Hortelã-Pimenta

A Hortelã-Pimenta é uma planta proveniente da Índia e dos países asiáticos e aos poucos foi introduzida na Europa, pelo norte de África.

Trata-se de uma planta aromática que apresenta propriedades medicinais, sendo uma erva fácil de cultivar sobretudo em países com clima moderado.

Propriedades, Beneficios e Indicações Terapêuticas da Hortelã Pimenta

É uma planta indicada para más digestões, enfartamentos, cãibras, dores nos nervos, dor de pescoço, problemas gastrointestinais e secreção nas vias respiratórias.

Apresenta diversas propriedades medicinais, funcionando como um estimulante da secreção biliar e da circulação sanguínea. A Hortelã-Pimenta possui no seu óleo essencial uma ação antibiótica sobre o trato gastrointestinal e em diversos estudos foi tão eficaz quanto o paracetamol de 1000 mg.

Esta planta apresenta um efeito benéfico em casos de síndrome do cólon irritável e doença de Crohn. É também eficaz na redução do excesso de pelos tanto nos homens como nas mulheres.

O óleo essencial pode ser aplicado internamente para tratamento de catarro pulmonar e inflamações na boca e externamente para dores, entorses e neuralgias, provocando uma sensação fresca.

A sua administração se for através do óleo essencial deve ser com seis a doze gotas diluídas em água e dividir por três tomas diárias.

Em chá, as folhas de Hortelã-Pimenta combatem as insónias, excitação nervosa, facilitam a digestão e acalma distúrbios estomacais. Trata-se de um erva refrescante, tónica, estimulante e estomacal.

A Hortelã-Pimenta é também utilizada para fins culinários, a fim de aromatizar as mais diversas receitas e serve como enfeite nas sobremesas ou sopas.

O óleo de hortelã costuma ser eficaz no tratamento de constipações, inflamações da laringe e bronquite e externamente funciona como um analgésico ligeiro fazendo diminuir a sensação de dor. Pode também ser aplicado sobre picadas de insetos porque faz diminuir a comichão, alivia dores de cabeça e algumas gotas sobre a língua ajudam a evitar o mau hálito. É aconselhável, de igual forma, para aliviar a dor de dentes e gengivas.

Deixo como sugestão a aplicação do óleo de Hortelã-Pimenta morno na zona externa do pescoço em caso de dores de cabeça, assim como dores nos nervos.

A planta é vendida seca, sob a forma de chá, óleo essencial e também em cápsulas. Para aliviar a síndrome do cólon irritável e enjoos, tome uma ou duas cápsulas, duas vezes por dia, nos intervalos das refeições. Para acalmar o estômago e flatulência prepare um chá e beba três chávenas por dia, após as refeições.

Para aliviar dores musculares, utilize o óleo essencial, dissolvendo cinco gotas em outro óleo qualquer de base neutro e aplique sobre a área afetada pelo menos quatro vezes ao dia.

Em doses recomendadas a Hortelã-Pimenta não apresenta contra indicações, exceto durante a gravidez, sobretudo em mulheres que apresentem histórias de abortos, durante a amamentação, em casos de gastrite ou úlceras estomacais. Se aplicar externamente evite ao máximo o contato com os olhos.

Atualmente a Hortelã-Pimenta é uma planta cultivada em quase todo o mundo e o seu óleo essencial é extremamente útil por exemplo em farmácias perfumarias, na fabricação de bebidas e doces.

Categories: Plantas Medicinais

7 Comments

  • RAYMARA diz:

    achei muito legal saber sobre os beneficios da hortelã-pimeta…

  • Maria Celina Silva diz:

    Quero primeiro agradecer pelo facto de partilhar seus conhecimentos e fazer bem a quem os lê.
    Estava a pensar tomar o chá da hortelã-pimenta, mas preciso da sua informação mais certa, pois tenho úlcera no duodeno e fico sem saber se posso ou não tomar.
    Mais um vez muito obrigada por partilhar com quem sabe muito menos.
    Cumprimentos,
    Celina Silva

  • katia diz:

    eu conheço este hortelã da foto como hortelã da horta.
    o hortelã pimenta tem a folha mais soculenta tem uma penugem.

  • diogo diz:

    Muito obrigado. A Natureza é uma maravilha. Ainda bem que existe pessoas que a estudam para que cada vez mais deixemos os quimicos. Um ABRAÇO

  • José Silva diz:

    Tenho uma pequena plantação de hortelã-pimenta, e ultimamente, e só á noite, as plantas começaram a ser atacadas por uns insectos parecidos com joaninhas.
    Como utilizo a erva para culinária, não queria utilizar pesticidas.
    Assim se alguém me puder ajudar, por um meio natural, a erradicar este problema, agradecia.
    Obrigado
    José Silva

  • liliano alvovento diz:

    Pegue nas “joaninhas”, maçere com um pouco de água, junte mais água, borrife as plantas e as joaninhas já não tocam nas plantinhas!… abraço e boa colheita!
    :-)

Deixar uma resposta