Hanseníase (Lepra) – Tratamento, Causas e Sintomas

Apesar de não ser muito conhecida entre a população em geral, a Hanseníase também conhecida como Lepra, morfeia, mal de Hansen ou mal de Lázaro é uma doença infecciosa, e uma das patologias mais antigas reconhecidas pela medicina.

Sendo um problema de carácter extremamente grave, a Hanseníase é responsável por originar nos seus pacientes um deterioramento físico extremamente avançado, passível de afectar, não só a pele, como também como também diversos outros órgãos, entre eles o fígado, os testículos, os nervos e os olhos. Ao atacar alguns dos órgãos mais vitais do corpo humano, a hanseníase acaba por dar origem a um vasto número de outros problemas de saúde que poderão revelar-se mesmo fatais.

Causas

A doença é causada pelo Bacilo de Hansen, um parasita que começa por atacar a pele, estendendo-se, progressivamente, para os restantes órgãos do corpo. Ainda que muita gente acredite que esta é uma doença hereditária, a verdade é que, por enquanto, não existe qualquer evidência de que tal seja mesmo verdade, pois pelo que se sabe, esta doença possui uma correlação única com a infecção causada pelo parasita Bacilo de Hansen, não havendo qualquer tipo de influência na doença que possa vir a ser causada a partir de factores hereditários.

Sintomas

Os sintomas costumam ser extremamente desagradáveis e preocupantes, mas nem sempre fáceis de identificar e associar à Hanseníase, uma vez que são semelhantes àqueles causados por uma enorme diversidade de outros problemas de saúde. Geralmente, esses sintomas consistem em inchaços, manchas na pele, fraqueza muscular, dormência e dores nas articulações. Muitas vezes, estes sintomas podem manifestar-se em simultâneo, e por isso funcionam como um forte indicador de que poderá existir uma infecção por parte do Bacilo de Hanse, responsável por este gravíssimo problema.

Agir rapidamente é essencial para que a doença possa ser combatida com a máxima eficácia possível. Caso o paciente demore demasiado tempo para consultar o médico, os sintomas poderão tornar-se mais persistentes e severos, acabando por dar origem a lesões permanentes que limitarão para sempre o seu sistema nervoso. Não só isso, como esta doença também poderá levar à falência de diversos órgãos e favorecer o desenvolvimento de graves problemas de pele, como é o caso dos melanomas. Para que tudo isto possa ser eficazmente evitado, é imprescindível recorrer a acompanhamento médico especializado o mais rapidamente possível.

Tratamento

Felizmente, através da utilização dos antibióticos direccionados para a resolução desta doença, é possível eliminar cerca de 95% dos parasitas. No entanto, como já referido anteriormente, para que estes resultados sejam alcançados é mesmo necessário procurar tratamento logo após os primeiros sintomas.

Nomes Alternativos

Doença de Hansen (mal de Hansen), Lepra, morfeia, ou mal de Lázaro.

Categories: Saúde

Deixar uma resposta