Necrose tubular aguda

A necrose tubular aguda é uma doença dos rins que envolve estragos nas células tubulares dos rins, o que pode levar a insuficiência renal aguda.

Causas da necrose tubular aguda (NTA)

A necrose tubular aguda (NTA) é normalmente causada por ausência de oxigénio nos tecidos dos rins (isquemia dos rins). Também pode ocorrer se as células renais forem danificadas por um veneno ou outra substância nociva. As estruturas internas dos rins, particularmente os tecidos dos túbulos renais, são danificados ou destruídos. NTA é uma das mudanças estruturais mais comuns que pode levar a insuficiência renal aguda. A NTA é uma das causas mais comuns de insuficiência renal em pacientes já hospitalizados. As causas de necrose tubular aguda incluem:

• Reacção a transfusões de sangue
• Lesão ou trauma que danifica os músculos
• Pressão arterial baixa (hipotensão) que dure mais de 30 minutos
• Cirurgia séria recente
• Choque séptico devido a infecção grave

Doença hepática e danos renais causados por diabetes (nefropatia diabética) podem tornar uma pessoa mais susceptível a esta doença. A NTA também pode ser causada por:

• Contraste usado em estudos com raio-X (radiologia)
• Medicamentos que podem ser tóxicos para os rins (tais como antibióticos aminoglicosídeos ou anfotericina)

Sintomas da necrose tubular aguda (NTA)

• Diminuição de consciência

Coma
Delírios e confusão
Sonolência, apatia, difícil de despertar

• Diminuição de produção de urina ou paragem de produção de urina
• Inchaço geral, retenção de fluidos
• Náuseas e vómitos

Nota: outros sintomas de insuficiência renal aguda também se podem verificar.

Exames e testes de diagnóstico

O médico irá realizar um exame físico, durante o qual poderá ouvir sons anormais quando estiver a ouvir o seu coração e pulmões (auscultação). Isto deve-se ao excesso de fluidos no corpo. Outros testes que podem ser feitos incluem:

• BUN e creatinina sérica
• Excreção fraccionada de sódio
• Biópsia aos rins
• Uranálise
• Sódio na urina
• Gravidade específica da urina e osmolaridade urinária

Tratamento da necrose tubular aguda (NTA)

Na maioria das pessoas, NTA é reversível. O objectivo do tratamento é prevenir complicações de insuficiência renal aguda potencialmente fatais. O tratamento centra-se em prevenir o excesso de acumulação de fluidos e resíduos enquanto os rins estão a ser curados. Os pacientes devem ser acompanhados de perto para impedir situações de deterioração das funções renais. O tratamento pode incluir:

• Identificar e tratar as causas que causaram o problema
• Restringir a ingestão de fluidos a um volume igual ao volume de urina produzida
• Restringir a ingestão de substâncias normalmente removidas pelos rins (tais como proteínas, sódio, potássio) para minimizar a sua acumulação no corpo
• Tomar medicação para ajudar a controlar os níveis de potássio na corrente sanguínea
• Medicamentos tomados oralmente ou intravenosamente para ajudar a remover fluidos do corpo

A Diálise temporária pode remover o excesso de fluidos e resíduos. Isto faz o paciente sentir-se melhor e pode tornar a insuficiência renal mais fácil de controlar. A diálise pode não ser necessária para todos os casos, mas de forma geral salva muitas vidas, especialmente se os níveis de potássio sérico foram perigosamente altos.

A diálise pode ser necessária nos seguintes casos:

• Deterioração do estado mental
• Excesso de fluidos
• Aumento dos níveis de potássio
• Pericardite
• Para remover toxinas que são prejudiciais aos rins
• Se a produção de urina parar completamente
• Acumulação descontrolada de resíduos de nitrogénio

Perspectivas

O tempo durante o qual os sintomas se podem fazer sentir varia. Pode ser produzida menos urina durante alguns dias até 6 semanas ou mais. Isto pode ser seguido por um período de grande produção de urina. Isto sucede porque os rins recém-curados e funcionais tentam limpar o corpo de fluidos e outas substâncias. Um ou dois dias depois do aumento da produção de urina, os sintomas começam a diminuir e os resultados dos testes começam a regressar ao normal.

Possíveis complicações

• Hemorragia no trato gastrointestinal
• Doença renal crónica e danos permanentes nos rins
• Pressão arterial elevada
• Risco acrescido de infecção

Quando contactar um médico

Deve contactar um médico se a sua produção de urina diminuir ou parar, ou se desenvolver outros sintomas de necrose tubular aguda.

Prevenção da necrose tubular aguda (NTA)

Tratar imediatamente doenças que podem levar a uma diminuição do fluxo sanguíneo e à diminuição de oxigénio nos rins pode reduzir os riscos de necrose tubular aguda. Transfusões de sangue são cruzadas para reduzir o risco de reacções de incompatibilidade. Condições como diabetes, doenças de fígado, e problemas cardíacos devem ser controlados para reduzir o risco de necrose tubular aguda.

Deve acompanhar com cuidado a exposição a medicamentos que possam ser tóxicos para os rins. Se tomar estes medicamentos teste com regularidade os seus níveis no sangue. Beba muitos fluidos depois de realizar qualquer exame que envolva o uso de contrastes para que estes sejam removidos do corpo antes que possam causar quaisquer danos aos rins.

Nomes alternativos
Necrose renal tubular;

Tags:

Deixar uma resposta