Neurinoma do Acústico

Um neurinoma do acústico é um tumor de crescimento lento no nervo que liga o ouvido ao cérebro. Este nervo é chamado de nervo vestibulococlear. Localiza-se atrás do ouvido mesmo por baixo do cérebro. Um neurinoma do acústico é um tumor não canceroso (tumor benigno), o que significa que não se espalha a outras partes do corpo. Pode no entanto danificar vários nervos importantes enquanto se desenvolve.

Causas do neurinoma do acústico

As suas causas têm sido ligados à desordem genética neurofibromatose (Doença de Von Recklinghausen) de tipo 2 (NF2).
Neurinomas acústicos são relativamente incomuns.

Sintomas do neurinoma do acústico

Os sintomas variam dependendo do tamanho e localização do tumor. Como o tumor se desenvolve muito lentamente, os sintomas aparecem normalmente depois dos 30 anos. Sintomas comuns incluem:

• Sensações de movimento anormais (vertigens)
• Perda de audição no ouvido afectado que torna difícil ouvir durante conversas
• Zumbido no ouvido afectado

Sintomas menos comuns incluem:

• Dificuldade em compreender conversas
• Tonturas
• Dores de cabeça
. Piora quando se deita
. Piora quando se levanta
. Piora quando tosse, espirra, faz esforços ou levanta pesos
• Perda de balanço
• Dormência na cara ou no ouvido
• Dor na face ou no ouvido
• Sonolência
• Problemas de visão
• Fraqueza na face

Exames e Testes de diagnóstico

O seu médico pode diagnosticar um neuroma acústico baseando-se no seu historial médico, num exame do seu sistema nervoso ou em vários testes. É frequentes os exames físicos estarem normais na altura em que o tumor é diagnosticado. Ocasionalmente podem-se verificar os seguintes sinais:

• Babar-se
• Descaimento da face num dos lados
• Andar instável
• Pupilas dilatadas apenas num olho

O teste mais útil para identificar um neuroma é uma ressonância magnética à cabeça. Outros testes úteis para diagnosticar o tumor e separá-lo de outras causas de tonturas e vertigens incluem:

• TAC à cabeça
• Teste de audição (audiologia)
• Teste de equilíbrio e balanço (eletronistagmografia)
• Teste de audição e funções do tronco cerebral (resposta auditória do tronco cerebral)
• Teste para vertigens (estimulação calórica)

Tratamento do neurinoma do acústico

O tratamento depende do tamanho e localização do tumor, da sua idade e da sua saúde em geral. Você e o seu médico devem decidir se devem ver o tumor (observação), usar radiação para o impedir de crescer ou tentar a sua remoção. Muitos neurinomas acústicos são pequenos e crescem muito lentamente. Pequenos tumores com poucos ou nenhuns sintomas podem surgir posteriormente, principalmente em pacientes com idade mais avançada. TAC regulares serão realizados.

Se deixados sem tratamento, alguns neurinomas acústicos podem danificar os nervos responsáveis pela audição e pelo equilíbrio, bem como os nervos responsáveis pelo movimento e sentimento na face. Tumores muito largos podem levar a uma acumulação de fluido (hidrocéfalo) no cérebro, o que pode se causa de morte. A remoção de um neurinoma acústico é feita de forma mais comum em:

• Tumores grandes
• Tumores que estão a causar sintomas
• Tumores que estão a crescer rapidamente
• Tumores que se estão a desenvolver perto de um nervo ou zona do cérebro que pode causar problemas no futuro

Cirurgia de neurinoma do acústico

A cirurgia é realizada para remover o tumor e prevenir outros danos ao nervo. A audição que ainda tiver é normalmente perdida coma cirurgia. Numa radiocirurgia esteriotáxica poderosos raios-X são apontados para uma pequena área. Isto é considerado uma forma de terapia por radiação e não um procedimento cirúrgico. Pode ser usado:

• Para atrasar o parar o crescimento de tumores que são difíceis de remover com uma cirurgia
• Para tratar pacientes que não podem ser sujeitos a cirurgia, tal como pessoas muito idosas que se encontram doentes

Remover um neurinoma acústico pode causar danos em nervos, o que leva a perda de audição e fraqueza nos músculos da face. Estes danos são mais passíveis de ocorrer quando o tumor se encontra perto de ou em volta dos nervos.

Perspectivas

Um neurinoma acústico não é um cancro. Este tumor não se espalha (metastiza) a outras partes do corpo. No entanto, pode continuar a crescer e pressionar estruturas importantes no crânio. Pessoas com tumores pequenos e que se estão a desenvolver de forma muito lenta podem não necessitar de tratamento. Quando ocorre perda de audição, esta não regressa depois da cirurgia.

Possíveis Complicações

• Cirurgia ao cérebro consegue remover o tumor na maioria dos casos
• A maioria das pessoas com pequenos tumores não terá qualquer parálise na face depois da cirurgia. No entanto, cerca de 2/3 dos pacientes com tumores grandes sofrerão de alguma fraqueza facial permanente depois da cirurgia
• Aproximadamente metade dos pacientes com pequenos tumores ainda possuirá audição no ouvido afectado depois da cirurgia.
• Podem existir efeitos retardados de radiação devido à radiocirurgia, incluindo danos nos nervos, perda de audição ou parálise na face

Quando contactar um médico

Deve contactar o seu médico se sofrer perda de audição ou se este piorar, ouvir um zumbido e sofrer de vertigens ou tonturas.

Nomes Alternativos

Schwannoma vestibular; Schwannoma do acustico; Tumor – acústico; Tumordo ângulo ponto-cerebelar; Tumor do Ângulo.

Tags:

1 Comment

  • Fátima patricio diz:

    Gostei das informações, sou portadora de um Neurinoma. Em tratamento com Radio Cirurgia Estereotatica, Tudo e muito difícil , A adaptação vem lenta. a fé em Deus ajuda , a família , amigos, e profissão te faz ir adiante. . O que mais incomoda, e o zumbido e o desequilíbrio. A surdez da para conviver pois tem o ouvido contralateral.

Deixar uma resposta